Fies

Contratos do Fies

11/09/2012

Com o contrato do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) os estudantes de instituições particulares do ensino superior podem conseguir 50, 75 ou 100% do financiamento do curso. A renda familiar é o principal meio para determinar a porcentagem dos possíveis financiamentos.

Estudantes com renda familiar de até 10 salários mínimos têm chances de alcançar 100% do financiamento. Membros de famílias com recebimentos mensais de até 15 salários mínimos podem chegar aos 75%. Renda familiar de até 20 salários mínimos possibilita financiamento máximo de 50%.

As inscrições para o FIES podem ser feitas a qualquer momento no Sistema Informatizado SisFIES, no endereço http://sisfiesportal.mec.gov.br/. No mesmo site é possível acessar informações sobre as condições de financiamento, consultar os cursos e as instituições que participam do FIES, fazer adiantamentos e renegociações de contratos.

Os contratos do FIES não exigem a presença de um fiador. Eles podem ser feitos em agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. A taxa de juros é de 3,4% ao ano para qualquer curso. Caso o contrato seja firmado no decorrer do semestre, é dever da instituição reembolsar o valor correspondente ao estudante.

A lista completa de documentos necessários FIES está disponível no SisFIES. Os principais deles são documentos de identificação pessoal, CPF, comprovante de renda e residência. As exigências mudam de acordo com a condição pessoal do estudante e da origem dos seus rendimentos.

O ano de 2012 foi o que registrou o maior número de contratos do FIES. Até o mês de agosto 305,8 mil estudantes já haviam sido beneficiados. Durante todo o período de 2011 foram firmados 153,9 mil contratos. Em 2010 a marca foi de 75,9 mil. O Fundo de Financiamento Estudantil existe desde 1999, mas em 2010 ganhou algumas mudanças que cooperaram para o seu crescimento.

Dos mais de 535 mil contratos registrados entre 2010 e 2012, os cursos com maior procura são: Direito (85 mil), Administração (44 mil), Enfermagem (43 mil) e Engenharia Civil (33 mil).

Se você tem interesse em tentar um financiamento, faça o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e acesse o Sistema Informatizado do FIES para realizar sua inscrição!

GD Star Rating
loading...
GD Star Rating
loading...

Compartilhe esta notícia do Fies 2013!

FIES INSCRIÇÕES FIES CONTRATOS FINANCIAMENTO

FIES: O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) foi criado em 1999 pelo Governo Federal através de Medida Provisória. No ano de 2010 ele foi reformulado ganhando novas fontes de financiamento e gestão. Gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), o programa serve para auxiliar estudantes de baixa renda a financiar os seus cursos superiores em várias instituições particulares que participam do FIES.

Para tentar um financiamento é preciso estar matriculado em um curso de graduação não gratuito, avaliado positivamente pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). Também é necessário que tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2010 ou ano posterior. Além disso, a renda familiar mensal bruta não pode ser superior a 20 salários mínimos.

As inscrições do FIES são realizadas no Sistema Informatizado SisFIES, no endereço http://sisfiesportal.mec.gov.br/, durante qualquer período do ano. Para fazer a inscrição o estudante precisa digitar o número do seu CPF, data de nascimento, endereço de e-mail, cadastrar uma senha, informar dados do curso, da instituição e do financiamento solicitado.

O financiamento do FIES pode ser de 50, 75 e 100% do valor total do curso, variando de acordo com a renda familiar e com o comprometimento da mesma em encargos educacionais. De acordo com a tabela de renda do FIES, estudante membro de família com recebimentos mensais de até 10 salários mínimos tem prioridade no financiamento total (100%) dos encargos educacionais.

Após concluir a inscrição e ter todas as informações validadas pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), os alunos devem comparecer à agência bancária para formalizar o contrato FIES. Agora, a taxa de juros é de 3,4% ao ano e não é necessária a presença de um fiador.

Os contratos do FIES podem ser feitos em dois Agentes Financeiros que participam do Programa: Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal. A preferência é de que os bancos escolhidos sejam do domicílio residencial ou acadêmico do estudante. Se porventura não existir uma agência nestes locais, a pessoa é livre para escolher a cidade mais conveniente.

Os documentos necessários FIES incluem carteira de identificação, comprovante de residência e comprovantes de rendimentos detalhados. A lista completa está disponível neste link.

Com o passar dos anos o número de contratos firmados vem crescendo. Em 2010 foram quase 76 mil, em 2011 praticamente 154 mil e em 2012 já foi alcançada a marca dos 305,8 mil. Acesse o SisFIES e faça uma simulação de seu financiamento!

GD Star Rating
loading...
GD Star Rating
loading...

Compartilhe esta notícia do Fies 2013!